Santa Maria da Paz: Igreja prelatícia do Opus Dei

Santa Maria da Paz: é essa a invocação mariana a que está dedicada a igreja prelatícia do Opus Dei em Roma. Recordamos a história desta igreja onde repousam os sagrados restos de S. Josemaría Escrivá de Balaguer.

Depois de atravessar a porta de Viale Bruno Buozzi 75 e de descer um tramo de escadas, acede-se a um vestíbulo no qual se encontra uma imagem de Nossa Senhora, Mãe do Amor Formoso.

No átrio contempla-se a pia batismal onde foi batizado S. Josemaria no dia 13 de janeiro de 1902. Foi doada pelo Bispo e pelo Capítulo da Catedral de Barbastro, sua cidade natal.

O altar do templo está situado sob um pequeno baldaquino, seguindo o costume de muitas igrejas romanas. A igreja é presidida por uma imagem de Nossa Senhora, obra de Manuel Caballero. Foi posta à veneração dos fiéis no dia 18 de dezembro de 1959. Os fiéis podem rezar diante do túmulo de S. Josemaria, situado debaixo do altar.


► Observe com pormenor Santa Maria da Paz: fotografia panorâmica a partir da nave central e fotografia panorâmica a partir do coro.

Folheto com informações práticas sobre a igreja prelatícia do Opus Dei, Santa Maria da Paz (PDF)


Rainha da paz, roga por nós!

No dia 31 de dezembro de 1959, S. Josemaria celebrou a primeira Missa em Santa Maria da Paz, que passou a ser a Igreja Prelatícia desde que o Opus Dei foi erigido como prelatura pessoal. A devoção de S. Josemaria a Nossa Senhora é a razão do título da igreja e da imagem que preside.

Em palavras de S. Josemaria: «Santa Maria é – assim a invoca a Igreja– a Rainha da paz. Por isso, quando se inquieta a tua alma, o ambiente familiar ou o profissional, a convivência na sociedade ou entre os povos, não cesses de a aclamar com esse título: “Regina pacis, ora pro nobis!” – Rainha da paz, roga por nós! Já tentaste, pelo menos, quando perdes a tranquilidade?... – Surpreender-te-ás da sua imediata eficácia».

Na cripta da igreja prelatícia

Numa pequena cripta sob a Igreja Prelatícia, a que se acede descendo umas escadas, estão sepultados os Bispos D. Álvaro del Portillo, beatificado em 2014, e D. Javier Echevarría, primeiro e segundo sucessor de S. Josemaria à frente do Opus Dei, respetivamente.

No dia 27 de junho de 1975 S. Josemaria foi sepultado nessa cripta. Sobre a pedra de mármore colocou-se, por baixo do selo do Opus Dei, a inscrição: EL PADRE, que ainda perdura. Após a beatificação, em 1992, o corpo do Fundador foi colocado em cima, na igreja prelatícia, por baixo do altar, onde se encontra atualmente.

Pessoas de todo o mundo recorrem a S. Josemaria para solicitar a Deus nosso Senhor graças de todo o tipo. E são muitos os que vão à Igreja Prelatícia para continuar a pedir ou para agradecer as graças recebidas por sua intercessão.

Nessa mesma cripta está sepultada Carmen Escrivá, irmã de S. Josemaria, e Dora del Hoyo, a primeira mulher que pediu a admissão no Opus Dei como numerária auxiliar, cuja causa de canonização iniciou-se em junho de 2012.

Num lado da cripta encontram-se a Capela do Santíssimo e os confessionários. S. Josemaria pregou com incansável zelo a necessidade de frequentar os sacramentos da Reconciliação e da Eucaristia, dons de Deus aos Seus filhos os homens, fontes de paz e de alegria imperecedoura.


Dados úteis sobre Santa Maria da Paz, a igreja prelatícia do Opus Dei

Morada: Viale Bruno Buozzi, 75 — 00197 Roma, Itália

Clique para ver a localização da igreja no Google Maps

Telefone: (+39) 06 808 961

Horários:

  • Aberto das 8:30 às 19:30.
  • Missas: todos os dias às 8:30 e às 12:00.
  • No dia 25 de dezembro não se celebrará a Missa das 08:30.
  • No dia 1 de janeiro não se celebrará a Missa das 08:30.
  • Confissões: das 9:30 às 13:00 e das 16:00 às 19:00 (há possibilidade de confessar-se em português, italiano, inglês, espanhol, francês, e alemão).

Se um grupo quiser avisar a sua chegada com antecedência ou se um sacerdote desejar celebrar a Missa, pode telefonar ou escrever para masses@villatevere.org.