Biografia de S. Josemaria

Vida de S. Josemaria Escrivá de Balaguer (1902-1975), fundador do Opus Dei.

Vídeo com legendas em português. Para saber como ativar, clique aqui.

Uma família cristã (1902 – 1914)

Josemaria Escrivá de Balaguer nasceu em Barbastro (Huesca, Espanha) no dia 9 de janeiro de 1902. Os pais chamavam-se José e Dolores. Teve cinco irmãos: Carmen (1899-1957), Santiago (1919-1994) e outras três irmãs mais novas que ele, que morreram em crianças. O casal Escrivá deu aos filhos uma profunda educação cristã.[+informação]


Vocação de S. Josemaria (1914 – 1918)

Em 1915, foi à falência o negócio do pai, comerciante de tecidos, e a família teve de mudar-se para Logronho, onde o pai conseguiu outro trabalho. Nessa cidade, Josemaria, depois de ver umas pegadas na neve dos pés descalços de um religioso, intuiu que Deus desejava alguma coisa dele, embora sem saber exatamente o quê. Pensou que poderia descobri-lo mais facilmente se se tornasse sacerdote, e começou a preparar-se primeiro em Logronho e mais tarde no seminário de Saragoça. [+informação]


Ordenação sacerdotal (1918 - 1925)

Seguindo um conselho do pai, na Universidade de Saragoça fez também o curso civil de Direito como aluno voluntário. José Escrivá morreu em 1924, e Josemaria ficou como chefe de família. Recebeu a ordenação sacerdotal em 28 de março de 1925 e começou a exercer o ministério, primeiro numa paróquia rural e, a seguir, em Saragoça.[+informação]


Fundação do Opus Dei e dedicação aos pobres e doentes (1928 - 1936)

Em 1927, mudou-se para Madrid, com licença do seu bispo, para conseguir o doutoramento em Direito. Em Madrid, a 2 de outubro de 1928, Deus fez-lhe ver o que esperava dele, e fundou o Opus Dei. A partir desse dia, trabalhou com todas as suas forças no crescimento da fundação que Deus lhe pedia, continuando simultaneamente com o ministério pastoral de que estava incumbido nesses anos, que o punha diariamente em contacto com a doença e a pobreza em hospitais e bairros populares de Madrid.[+informação]


Guerra Civil Espanhola e Passagem dos Pirenéus (1936 - 1939)

Quando rebentou a guerra civil, em 1936, Josemaria Escrivá encontrava-se em Madrid. A perseguição religiosa obrigou-o a refugiar-se em diferentes lugares. Exerceuo seu ministério sacerdotal clandestinamente, até conseguir sair de Madrid. Depois de uma travessia pelos Pirenéus até ao sul de França, mudou-se para Burgos. [+informação]


Trabalho pastoral intenso (1939 - 1945)

Terminada a guerra, em 1939, regressou a Madrid. Nos anos seguintes dirigiu numerosos exercícios espirituais para leigos, para sacerdotes e para religiosos. No próprio ano de 1939, terminou os estudos de doutoramento em Direito. [+informação]


Roma e o Concílio Vaticano II (1946 - 1965)

Em 1946, fixou residência em Roma. Doutorou-se em Teologia pela Universidade Lateranense. Foi nomeado consultor de duas Congregações vaticanas, membro honorário da Pontifícia Academia de Teologia e prelado de honra de Sua Santidade. Seguiu atentamente os preparativos e sessões do Concílio Vaticano II (1962-1965), e manteve um relacionamento intenso com muitos dos Padres Conciliares.[+informação]


Expansão do Opus Dei e viagens de catequese (1970 - 1975)

A partir de Roma, viajou em numerosas ocasiões a diferentes países da Europa, para impulsionar o estabelecimento e a consolidação do trabalho apostólico do Opus Dei. Com o mesmo objetivo, entre 1970 e 1975 fez longas viagens pelo México, pela Península Ibérica, América do Sul e Guatemala, onde teve também reuniões de catequese com grupos numerosos de homens e mulheres. [+informação]


Falecimento e fama de santidade

Faleceu em Roma a 26 de junho de 1975. Vários milhares de pessoas, entre as quais numerosos bispos de diversos países —no seu conjunto, um terço do episcopado mundial—, solicitaram à Santa Sé a abertura da sua causa de canonização. [+informação]


Canonização

Em 17 de maio de 1992, João Paulo II beatificou Josemaria Escrivá de Balaguer. Proclamou-o santo dez anos depois, em 6 de outubro de 2002, na Praça de S. Pedro, em Roma, perante uma grande multidão.« Seguindo os seus passos- disse na altura o Papa na sua homilia - difundi na sociedade, sem distinção de raça, de classe, de cultura ou de idade, a consciência de que todos nós somos chamados à santidade». [+informação]

Se quiser rezar diante dos restos mortais de S. Josemaria, pode dirigir-se a Santa Maria da Paz (Roma). Ou descarregar o folheto informativo em formato pdf.


Mais recursos sobre o fundador do Opus Dei

70 vídeos de S. Josemaria, no YouTube.

Escutar S. Josemaria.

Fotografias de S. Josemaria, em alta resolução (Flickr).

Livros sobre S. Josemaria.


Outros sites sobre S. Josemaria

Centro de Documentación y Estudios Josemaría Escrivá de Balaguer

Biografía de San Josemaria (Instituto Histórico San Josemaría Escrivá de Balaguer)

Bibliografía básica sobre S. Josemaria Escrivá de Balaguer e o Opus Dei