Festa da Santíssima Trindade

Este domingo celebra-se a Solenidade da Santíssima Trindade. Recolhemos alguns textos do Evangelho, do Magistério e do Papa Francisco, do Beato Álvaro e do Prelado do Opus Dei que podem ajudar na preparação desta festa.

Angelus do Papa Francisco na solenidade da Santíssima Trindade (2016)

Resumos da fé cristã: Tema 5. A Santíssima Trindade

"Creio, cremos": livro eletrónico do Prelado do Opus Dei: O Credo constitui o fio condutor de “Creio, cremos", ebook composto por fragmentos das Cartas Pastorais que D. Javier Echevarría escreveu durante o Ano da Fé.

B. Álvaro del Portillo: "A Santíssima Trindade, mistério que enche a nossa vida de cristãos".

Devocionário: Livro eletrónico inclui várias orações à Santíssima Trindade

. Compêndio do Catecismo da Igreja Católica

*****

∙ Evangelho

Mateus 28, 16-20 Os onze discípulos partiram para a Galileia, para o monte que Jesus lhes tinha indicado. Quando O viram adoraram-n’O; alguns, porém, duvidaram. Jesus aproximando-Se, falou-lhes assim: «Foi-Me dado todo o poder no céu e na terra. Ide, pois, ensinai todas as gentes batizando-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, e ensinando-as a cumprir todas as coisas que vos mandei. Eu estarei convosco todos os dias até ao fim do mundo».

João 3, 16-18 Porque amou de tal modo o mundo que deu Seu Filho Unigénito para que todo aquele que crê n’Ele não pereça, mas tenha a vida eterna. Porque Deus não enviou Seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por Ele. Quem crê n’Ele, não é condenado; mas quem não acredita, já está condenado, porque não acredita no nome do Filho Unigénito de Deus.

João 16, 12-15 Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: Tenho ainda muitas coisas a dizer-vos, mas não as podeis compreender agora. Quando vier, porém, o Espírito da Verdade, Ele vos guiará no caminho da verdade total; pois não falará de Si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e anunciar-vos-á as coisas que estão para vir. Ele Me glorificará, porque receberá do que é Meu e vo-lo anunciará. Tudo quanto o Pai tem é Meu. Por isso Eu vos disse que Ele receberá do que é Meu e vo-lo anunciará.

Compêndio do Catecismo da Igreja Católica (44-49)

Qual é o mistério central da fé e da vida cristã?

O mistério central da fé e da vida cristã é o mistério da Santíssima Trindade. Os cristãos são batizados em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

O mistério da Santíssima Trindade pode ser conhecido só pela razão humana?

Deus deixou alguns traços do seu ser trinitário na criação e no Antigo Testamento, mas a intimidade do seu ser como Trindade Santa constitui um mistério inacessível à razão humana sozinha, e mesmo à fé de Israel, antes da Encarnação do Filho de Deus e do envio do Espírito Santo. Tal mistério foi revelado por Jesus Cristo e é a fonte de todos os outros mistérios.

Como é que a Igreja exprime a sua fé trinitária?

A Igreja exprime a sua fé trinitária confessando um só Deus em três Pessoas: Pai, Filho e Espírito Santo. As três divinas Pessoas são um só Deus porque cada uma delas é idêntica à plenitude da única e indivisível natureza divina. As três são realmente distintas entre si, pelas suas relações recíprocas: o Pai gera o Filho, o Filho é gerado pelo Pai, o Espírito Santo procede do Pai e do Filho.

Como operam as três Pessoas divinas?

Inseparáveis na sua única substância, as Pessoas divinas são inseparáveis também no seu operar: a Trindade tem uma só e mesma operação. Mas no único agir divino, cada Pessoa está presente segundo o modo que lhe é próprio na Trindade. «Ó meu Deus, Trindade que eu adoro... pacifica a minha alma; fazei dela o vosso céu, vossa morada querida e o lugar do vosso repouso. Que eu não vos deixe nunca só, mas que esteja lá com todo o meu ser, toda vigilante na minha fé, toda em adoração, toda oferecida à vossa ação criadora» (Beata Isabel da Trindade)