Recolhimento de Abril #EmCasa

Agora já temos prática de fazer recolhimento em casa... Escolha um lugar tranquilo (na medida do possível!) e prepare-se para dedicar um tempo a meditar numa realidade maravilhosa da vida cristã: A Amizade com Jesus.

Opus Dei - Recolhimento de Abril #EmCasa

Baixar o material para o Recolhimento (duração de aproximadamente 120 minutos).


1. Para Começar

O recolhimento é uma pausa nas atividades diárias para estar a sós com Deus e pensar em como vivemos a fé na família, no trabalho e na relação com os outros. O roteiro que oferecemos prevê duas meditações, uma leitura espiritual e a oração do terço.

Fazer o recolhimento pode ser uma ótima preparação para o Tríduo Pascal, que neste ano será tão diferente, mas se não for possível fazê-lo antes, também pode ser uma forma de aprofundar nos mistérios que já celebramos, depois da Páscoa.


2. Meditação: Jesus. Evangelho. Palavra de Deus

Cristo vive. Encontro e diálogo pessoal com Jesus. Como ler e meditar o Evangelho. Como orar

Este mês está marcado pela principal celebração da fé cristã: a Páscoa. São dias em que recordamos a Paixão, Morte e Ressurreição de Jesus, por amor a nós. E agora, nesta meditação é importante considerar que este Jesus está vivo e é meu amigo.

O importante é que ao ouvir, você converse pessoalmente com Nosso Senhor e entre em um diálogo com Ele. Se precisar, você pode ir parando o áudio.


3. Leitura

A confissão sacramental, encontro com o Bom Pastor

Oferecemos duas opções de leitura espiritual, relacionadas com a confissão:

a) As corridas de Deus

Você pode ler aqui.

b) Confissão: Deus nunca se cansa de perdoar

Você pode ler aqui ou escutar:


4. Evangelho: Jesus morre na Cruz

Pai, perdoa-lhes porque não sabem o que fazem. Foi o Amor que levou Jesus ao Calvário. E já na Cruz, todos os Seus gestos e todas as Suas palavras são de amor, de amor sereno e forte

Leia aqui o evangelho sugerido para nosso recolhimento, com uma reflexão.


5. Terço

O Santo Rosário é a oração com que os cristãos se dirigem a Nossa Senhora em todos os tempos, para pedir a sua proteção nos momentos de dificuldade. Você pode chamar as pessoas que estão em casa para rezar com você.

Se não saber rezar o terço, pode ver aqui, ou quer uma ajuda para rezar em áudio, clique aqui.


6. Exame de Consciência

Coloque-se na presença de Deus e considere estas questões com tranquilidade e em silêncio:

1. O mistério da Ressurreição de Jesus dá aos cristãos uma gloriosa certeza: de que “Cristo vive”. Tiro consequências práticas dessa verdade de fé?

2. Procuro conhecer cada vez melhor a Cristo mediante a leitura do Novo Testamento? Reservo todos os dias uns minutos para essa leitura meditada da Palavra de Deus?

3. Recordo que Cristo vivo, ressuscitado, permanece na Eucaristia por amor aos homens? Comporto-me de acordo com essa fé, dirigindo-me a uma igreja ou capela para rezar diante do Sacrário?

4. Compreendo que a confissão é outro grande Sacramento, que propicia um encontro muito pessoal com Cristo; e que Deus, através de seu instrumento, o sacerdote – que é “outro Cristo”–, me perdoa os pecados e devolve a paz à minha alma?

5. Confesso-me com frequência? Preparo bem as minhas confissões, fazendo bem o exame de consciência?

6. O perdão que Deus me dá, leva-me a ter mais generosidade para dar o meu perdão ao próximo; em primeiro lugar, aos parentes e às pessoas da família?


7. Meditação: Emaús, Eucaristia

Almas de Eucaristia. A presença real de Cristo: Cristo vivo, como aparecia, ressuscitado, aos Apóstolos e às santas mulheres. Corresponder com generosidade. Saber levar ao Sacrário a família, amigos, preocupações.

O importante é que ao ouvir, você converse pessoalmente com Nosso Senhor e entre em um diálogo com Ele. Se precisar, você pode ir parando o áudio.


8. Oração do Papa Francisco pelo fim da pandemia

Ó Maria,
Tu sempre brilhas em nosso caminho
como sinal de salvação e esperança.
Nós nos entregamos a Ti, Saúde dos Enfermos,
que na Cruz foste associada à dor de Jesus,
mantendo firme a Tua fé.

Tu, Salvação do povo romano,
sabes do que precisamos
e temos a certeza de que garantirás,
como em Caná da Galileia,
que a alegria e a celebração possam retornar
após este momento de provação.

Ajuda-nos, Mãe do Divino Amor,
a nos conformarmos com a vontade do Pai
e a fazer o que Jesus nos disser.
Ele que tomou sobre si nossos sofrimentos
e tomou sobre si nossas dores
para nos levar, através da Cruz,
à alegria da Ressurreição. Amém.

Sob a Tua proteção, buscamos refúgio, Santa Mãe de Deus. Não desprezes as nossas súplicas, nós que estamos na provação, e livra-nos de todo perigo, Virgem gloriosa e abençoada.