"Vou à missa e leio a Bíblia todos os dias"

Publicamos uma entrevista recente de Fernando Nélson à rádio TSF. O antigo futebolista foi internacional pelas seleções portuguesas e jogou em diversos clubes, tais como Sporting, FC Porto e Aston Villa.

Opus Dei - "Vou à missa e leio a Bíblia todos os dias"Foto: TSF

Começou a carreira nos juniores do Salgueiros, mas como sénior afirmou-se no Sporting. Depois jogou em Inglaterra, pelo Aston Villa e foi contratado pelo FC Porto de Fernando Santos, no verão de 1998. Foi campeão no estádio das Antas, onde também conquistou uma Taça de Portugal.

"Vou à missa todos os dias(...) Essa proximidade ajuda-me tremendamente para poder sobreviver espiritualmente".

Falamos de Nélson, antigo lateral que chegou a ser treinado por José Mourinho em 2003. Depois de pendurar as botas, foi empresário, presidente de um clube, mas sempre com uma ligação muito forte à religião.


"Vou à missa todos os dias. Leio a Bíblia todos os dias, faço oração todos os dias. Essa proximidade ajuda-me tremendamente para poder 'sobreviver' espiritualmente", conta Nelson em entrevista à TSF, acrescentando que já leu a Bíblia "cinco ou seis vezes".


"Faço ORAÇÃO todos os dias. Essa proximidade ajuda-me tremendamente para poder 'sobreviver' espiritualmente"

Nesta conversa com a TSF, o antigo jogador de leões e dragões revela a paixão por Deus.

"Não consigo conceber a minha vida sem uma proximidade com Deus. Acredito em Deus. Deixou-me algo para o qual me orientar e essa minha orientação é Bíblia", assume, explicando que "o seu relacionamento" com Deus passa muito pela leitura daquilo que Deus fez na terra".

Nesta entrevista, Nelson conta que é membro do Opus Dei, revelando qual é o seu papel naquela organização religiosa. "É a santificação no meio do mundo. É deixar de parte aquela ideia que a santidade no mundo está reservada a uns quantos eleitos, que têm que se retirar para um claustro ou um mosteiro, viver uma vida isolada do mundo para poderem santificar-se", disse.


Atualmente, Nélson trabalha no colégio João Paulo II, em Braga, um estabelecimento de ensino ligado à Igreja e pertence à arquidiocese bracarense. Nélson é o gestor desportivo do colégio, que tem várias equipas de futebol. O ex-jogador preparou-se para exercer este cargo, tirando o curso de Gestão Desportiva, na Universidade Católica.

Fonte: TSF