Dois convites do Papa Francisco para rezar pelo fim da pandemia esta semana

O Papa Francisco sugeriu-nos que recitássemos juntos o Pai Nosso na próxima quarta-feira, 25 de março, ao meio-dia (11h em Portugal continental), para pedir o fim da pandemia. E, com a mesma intenção, convocou os fiéis de todo o mundo para se unirem a um momento de oração na sexta-feira, 27 de março, às 18 horas (17h em Portugal continental), que presidirá no átrio da Basílica de São Pedro.

Da Igreja e do Papa

O Papa Francisco convocou todos os líderes cristãos na quarta-feira 25 de março para rezar um Pai-Nosso pelo fim do coronavírus.Nesse dia celebra-se a festa da Encarnação do Filho de Deus: "rezemo-lo muitas vezes, mas todos ao mesmo tempo, ao meio-dia", propôs o Romano Pontífice.

O Santo Padre também anunciou que na sexta-feira, 27 de março, às 18:00 horas, dará excecionalmente a bênção Urbi et orbi a Roma e ao mundo, o que inclui a possibilidade de receber uma indulgência plenária.

Fá-lo-á a partir do exterior da Basílica de São Pedro, onde normalmente mantém o público em geral, com a Praça vazia. Incluirá a adoração eucarística: "à pandemia do vírus queremos responder com a pandemia da oração, da compaixão, da ternura", explicou.

O Papa Francisco também nos exortou a permanecer "unidos" e a fazer sentir a nossa "proximidade" a todos aqueles que estão na linha da frente do combate, a fim de nos ajudar e proteger nesta emergência.

Oração do Papa Francisco para pedir o final da pandemia

Ó Maria, Tu sempre brilhas em nosso caminho como sinal de salvação e esperança. Nós nos entregamos a Ti, Saúde dos Enfermos, que na Cruz foste associada à dor de Jesus, mantendo firme a Tua fé. Tu, Salvação do povo romano, sabes do que precisamos e temos a certeza de que garantirás, como em Caná da Galiléia, que a alegria e a celebração possam retornar após este momento de provação. Ajuda-nos, Mãe do Divino Amor, a nos conformarmos com a vontade do Pai e a fazer o que Jesus nos disser. Ele que tomou sobre si nossos sofrimentos e tomou sobre si nossas dores para nos levar, através da Cruz, à alegria da Ressurreição. Amém.

Sob a Tua proteção, buscamos refúgio, Santa Mãe de Deus. Não desprezes as nossas súplicas, nós que estamos na provação, e livra-nos de todo perigo, Virgem gloriosa e abençoada.