João Paulo II: “Celebremos com profunda alegria os 150 anos da Imaculada Conceição”

No dia 8 de Dezembro celebra-se a Solenidade da Imaculada Conceição de Maria, que, em palavras de João Paulo II, “este ano assume um particular significado”. Comemoram-se os cento e cinquenta anos da proclamação deste importante dogma mariano: Deus preservou imune a Virgem Maria de toda a mancha de pecado original desde o primeiro instante da sua concepção.

João Paulo II dedicou o Angelus do domingo à próxima solenidade da Imaculada Conceição, que este ano coincide com o 150º aniversário da proclamação desse dogma pelo Papa Pio IX.

“Preparamo-nos para celebrar com profunda alegria – disse o Papa – a solenidade da Imaculada Conceição da Bem Aventurada Virgem Maria, que este ano assume um significado particular. Comemoram-se, efectivamente, os cento e cinquenta anos da proclamação deste importante dogma mariano”.

“Recordaremos esse aniversário no próximo dia 8 de Dezembro com uma solene celebração eucarística na basílica vaticana, onde em 1854 o meu venerado predecessor, o beato Pio IX, proclamou o dogma da Imaculada Conceição junto a tantos bispos de todas as partes do mundo. Prestaremos homenagem à Tota pulchra, àquela que Deus elegeu como Mãe do seu Filho Unigénito”.

O Santo Padre finalizou recordando a todos que nessa tarde, como todos os anos, se deslocará à famosa Praça de Espanha de Roma para prestar a tradicional homenagem a Maria Imaculada. “Convido-vos a todos, queridos romanos e peregrinos, a unir-vos comigo neste acto de veneração filial à nossa Mãe celestial”.

  • Vatican Information Service 06 de Dezembro de 2004