Ajudar África com fados, saladas e música coral

Lançado informalmente em 2002, o projecto HARAMBEE existe para reunir fundos para ajudar os africanos a construírem o seu próprio futuro. Em Junho, em Portugal, a Associação encontrou três modos originais de recolher fundos para ajudar as famílias africanas.

Iniciativas sociais

UMA NOITE DE FADOS MUITO ESPECIAL

Teve lugar no passado do dia 9 de junho, a III Noite de Fados Harambee, na Associação de Instrução e Recreio os Pimpões, nas Caldas da Rainha.

Sensibilizados pelos valores de Harambee, António Leitão, Margarida Santos e Sofia Fonseca organizaram esta noite inesquecível. Numa sala cheia, com mais de 150 pessoas, todos esperavam um serão de fados e acepipes saborosos.

Vários fadistas ofereceram a sua arte para uma noite de solidariedade – António Leitão, Emanuel Moura, Cristina Luz, Vítor Marques, Rogério Vieira, Gonçalves de Sousa, Anabela Jorge, José Saramago e Mariana Silva, acompanhados à viola e à guitarra portuguesa, numa sala cheia de amigos de HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL.

O evento não teria sido possível sem o concurso dos diligentes e muito animados voluntários, Ana Evangelista, Nuno Gomes, Mariana Dinis, Beatriz Dinis, Leonor, Catarina Lopes, Francisca Lopes, Carolina, Mariana.

O valor total angariado com este evento a favor de HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL, e destinado ao PROJETO DIGNITY MOÇAMBIQUE, foi de €1.539. Será aplicado na criação de quatro ateliês de formação profissional destinados a jovens da província de Tete, em Moçambique, com o objectivo de os tornar profissional e economicamente independentes.

AS SALADAS DA MINDA

Uma segunda iniciativa a favor de HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL foi o workshop Saladas da Minda, que teve lugar em Junho no Centro Cultural das Areias, no Estoril, com a participação de 11 pessoas.

Aprenderam, de forma simples e económica, a preparar pratos frescos e saudáveis. Como é sabido, as saladas contém alto teor de água e hidratam o corpo, especialmente necessário em dias quentes, como o agradável dia de Junho que todas passaram no Estoril. No final da manhã, todas puderam provar as iguarias confeccionadas num agradável almoço-convívio. A receita deste evento, 65,00 , reverteu igualmente para o PROJETO DIGNITY MOÇAMBIQUE.

CONCERTO SOLIDÁRIO

No domingo, 24 de junho, teve lugar o concerto solidário As Glórias de Maria, desta feita na Paróquia de Nossa Senhora da Porta do Céu, em Telheiras, Lisboa.

Nesta tarde musical, onde estiveram presentes mais de 40 pessoas, que, generosamente, contribuíram para a angariação de fundos de HARAMBEE ÁFRICA PORTUGAL em 2018, o grupo 4 Voices – Liane Sardinha, Liliana Silva, Miguel Éfe e Ricardo Gouveia-Mendes – apresentou uma sequência de nove melodias dedicadas à Virgem Maria:

  • ALMA REDEMPTORIS MATERde Marco Frisina (1954)
  • AVE MARIA de Jacques Arcadelt (1507-1568)
  • MAGNIFICAT de Bernard Reichel (1901-1992)
  • O MAGNUM MYSTERIUM de Tomás Luís de Victoria (1548-1611)
  • STABAT MATER de Giovanni Battista Pergolesi (1710-1736)
  • SALVE REGINA de Diogo Dias Melgaz (1638-1700)
  • Ó SENHORA DO AMPARO Fernando Lopes-Graça (1906-1994)
  • AVE DE FÁTIMA António Cartageno (1946)
  • O SANCTISSIMA Luís Lopes Cardoso (1972)

O produto deste evento, 455,00 , destina-se a engrossar o contributo de Portugal para o PROJETO DIGNITY MOÇAMBIQUE, que se propõe capacitar 60 jovens em situação de grave pobreza, fornecendo-lhes competências nas áreas da culinária, da costura, da cestaria e do artesanato, facilitando-lhes o acesso à profissão correspondente e/ou a criação de microempresas que possibilitem o seu sustento.

Para quem não teve oportunidade de participar nestes eventos solidários, pode contribuir para o Projecto Dignity Moçambique através de transferência bancária para a conta BPI:
IBAN: PT 5000 1000 0047 8615 0000 172.

Mais informações:
Web: Associação Harambee Portugal
E-mail: [email protected]