“D. Álvaro é meu co-piloto”

Chamo-me Rosa Falero, tenho 50 anos, sou uruguaia, de Montevideu, estou casada com o Roberto há vinte e quatro anos e temos 7 filhos. Trabalho, primeiro como mãe, depois compartilho a profissão de arquiteta num serviço público e no Estudio que temos em casa.

Opus Dei - “D. Álvaro é meu co-piloto”Família de Rosa Farelo.

A minha devoção a D. Álvaro nasceu imediatamente a seguir à sua partida para o Céu; comecei a invocar a sua intercessão e obtive muitas graças, desde as quotidianas até às mais inéditas. Comecei a interessar-me por conhecer a pessoa de D. Álvaro, e cheguei à conclusão de que o seu segredo foi ser um homem fiel, semeador de paz, alegria e justiça. E com uma mensagem sempre transmitida à luz do Evangelho, com clareza, muito simples e com uma caridade impressionante.

TODOS OS MEUS FILHOS SABEM DAS MINHAS CONSTANTES PETIÇÕES E PERGUNTAM-ME SEMPRE AO ENTRAR NO CARRO: “JÁ CHAMASTE D. ÁLVARO?".

Recorro a ele a todo o momento, desde a sua intercessão na cura de um filho e mesmo para ser meu co-piloto no carro, que me despeje a estrada num cruzamento importante, que encontre lugar para estacionar… e ele concede-mo! Todos os meus filhos sabem das minhas constantes petições e perguntam-me sempre ao entrar no carro: "Já chamaste D. Álvaro?".