5. Por que razão afirma S. Josemaria que fundou o Opus Dei em 1928, se nessa data a Obra ainda não contava com nenhum membro?

O termo fundação pode entender-se de formas diversas.

Pode entender-se desde uma perspectiva jurídico canónica. No campo associativo, ou no dos institutos religiosos, o verbo "fundar" costuma entender-se como o estabelecimento duma sede na qual residem vários membros duma comunidade. Nesse sentido jurídico canónico fala Santa Teresa das suas "fundações". Com esta mesma perspectiva jurídica, fala-se de fundação para designar o momento em que os fundadores se reúnem para assinar a acta de constituição duma entidade.

Mas também se pode entender numa perspectiva espiritual, que é a que utilizam alguns santos, como S. Josemaria. Quando dizia que "o Opus Dei tinha sido fundado a 2 de Outubro de 1928" estava a sublinhar a origem divina do Opus Dei, porque foi naquele dia que Deus lhe fez “ver” a Obra (o Opus Dei) na sua alma.

Embora os sucessivos reconhecimentos canónicos fossem chegando com o passar dos anos, S. Josemaria considerou sempre o 2 de outubro de 1928 como a data de início da época fundacional; uma época que considerou aberta enquanto viveu.