Caminhem juntos, compartilhem esta visão alegre e cheia de esperança da família

O prelado do Opus Deis, mons. Fernando Ocáriz, presidiu a 28ª edição da Jornada Mariana da Família, no santuário de Torreciudad, da qual participaram aproximadamente 16.000 pessoas procedentes de toda a Espanha.

Homilia de Mons. Fernando Ocáriz


Ao longo da jornada, as famílias fizeram uma oferenda de flores, frutos e artesanatos para a Virgem de Torreciudad e participaram da Missa e do terço rezado ao ar livre.

Também pediu às famílias que fossem conscientes do grande bem que fazem quando se esforçam para ser uma escola de comunhão, de perdão, de solidariedade, “por meio de pequenos gestos de bondade”, como disse o Papa no Encontro Mundial das Famílias, realizado em Dublin.Mons. Ocáriz presidiu a concelebração eucarística multitudinária, na qual colocou as petições das famílias aos pés de Santa Maria. Com palavras do Papa Francisco, disse que “muitas famílias, que estão longe de serem perfeitas, vivem no amor realizam sua vocação e vão em frente, mesmo que caiam muitas vezes durante o caminho”.

Isto pode ser aplicado em todos os lares: nos desafios que nascem da escassez de recursos, da educação dos filhos, da conciliação... “Deus dará a força para converter tudo isso em ocasião de crescer como família, para fazer com que esses pequenos grandes dramas, no fim, também a unam mais, já que todos enfrentarão esses momentos com amor”. Dirigindo-se aos pais que enchiam a explanada, mons. Ocáriz disse que “não é necessário esperar que tudo ande com perfeição em casa” e pediu que “caminhem juntos, compartilhando esta visão alegre e cheia de esperança da família”.

A jornada contou com a colaboração de 200 voluntários, as comarcas de Ribagorza, Sobrarbe, Somontano e Cinca Medio, Guarda Civil, e Turismo de Aragão. Entre as autoridades locais, Ángel Vidal, prefeito de Secastilla, expressou sua satisfação porque “foi um sucesso de convocatória e de apoio de entidades, com a coincidência da Romaria da Ribagorza”. Por sua vez, Laura Puyal, prefeita de El Grado, manifestou sua alegria em “compartilhar esta festa, que é uma aposta na família com valores como patrimônio da humanidade, que ajuda tanto a superar o individualismo. Além disso, supõe uma grande promoção da comarca e de nossos povos”.