10 desafios que o livro “Mulheres Bússola” nos faz

Isabel Sánchez, Secretária central da Assessoria da Prelazia do Opus Dei, publicou o livro “Mujeres brújula en un bosque de retos”, em que procura refletir sobre o protagonismo do carácter feminino no impulso de uma mudança social.

Opus Dei - 10 desafios que o livro “Mulheres Bússola” nos fazIsabel Sánchez. Foto: Paola Gutiérrez

Desafio 0 | Entender-se

Homem e mulher, mulher e homem estão condenados a contribuir juntos para o avanço do saber, cuidar e proteger a dignidade da pessoa, lutando pelo respeito por cada ser humano e seus direitos; cuidar e desenvolver o habitat em que se desenvolve a vida, manter a harmonia e o equilíbrio entre as espécies do planeta; erradicar escravidões e criar espaços de expansão da liberdade; fundar comunidades de amor e de vida.

Desafio 1 | Encontrar o Norte

Não se trata de empreender grandes façanhas, mas de algo muito mais simples: aprender a ver de outro modo a realidade em que estamos inseridos e ensinar a olhar de um modo humanizante. A boa notícia é que existe um laboratório de humanização muito acessível e eficaz: a família.

Desafio 2 | Educar

Manter nos jovens horizontes amplos pode ser o melhor antídoto contra a mediocridade, a corrupção e a apologia de condutas meramente adaptativas que levam a limitar a existência, no melhor dos casos, a estar morto na corrente da vida.

Desafio 3 | Paz
Em todos estes âmbitos - pessoal, familiar, cívico, internacional – tenho encontrado mulheres capazes de construir oásis de paz, mesmo no meio das circunstâncias mais adversas. Todas revelaram uma capacidade extraordinária de resistir à adversidade, tornando a vida possível até em situações extremas e conservando um persistente sentido de futuro.

Desafio 4 | Trabalho

Muitos aprendemos de São Josemaria que o trabalho mais digno nasce do amor, manifesta o amor e se orienta para ele. Por isso, embora servindo-se das lógicas das diversas profissões, o homem pode transcendê-las e permanecer livre, acima delas.

Desafio 5 | Cuidado

Os robôs podem vir a complementar e assistir no cuidado dos humanos para com os humanos, mas nunca os podem substituir, porque carecem dos produtos premium específicos das pessoas: a conversa, a liberdade e o amor.

Desafio 6 | Liderança

Às vezes consideramos a liderança como algo muito maior do que nós, quando a verdade é que corre muito mais seiva de verdadeira liderança em pequenas situações cotidianas: nas casas, nas escolas, nos mais diversos trabalhos, no nosso bairro ou no ambiente mais familiar; pois a liderança tem, indiscutivelmente, mais a ver com as ações que realizamos do que com a posição que ocupamos.

Desafio 7 | Solidariedade

Isto é o mais valioso que temos na Terra (...), a capacidade de descobrir as necessidades dos outros, fazê-las nossas e procurar remediá-las.

Desafio 8 | Sustentabilidade

Estou convencida de que os nossos problemas não se resolvem exclusivamente com tecnologia; são as pessoas que mudam o planeta.

Desafio 9 | Transcender

Por muito adultos que sejamos e nos sintamos, a vida depara-nos cenários em que perdemos totalmente o controle das coisas e até o autocontrole. E o apelo do coração continua aí. Parece que ansiamos por um pai que nos console, que nos guie, que nos tranquilize e nos restaure. Para entender o nosso coração temos de nos ver em perspectiva: não só espacial, mas também temporal e, inclusive, além do tempo. Essa é a perspectiva de Deus. No Seu olhar, o nosso coração, como o planeta Terra, é brilhante e único, em contínua expansão em direção ao bem.

Desafio 10 | Atrever-se a mais

Este pode ser o momento de escolher que ponte estender, que muro derrubar, que talento fazer crescer, que processo iniciar, que direção escolher. Não perca o norte e você será bússola para outros.


Outros artigos:

“Servir significa crescer e ajudar os outros a crescer”

Isabel Sánchez: “O carisma de São Josemaria é um tesouro para embelezar o mundo”

Nota no diário Clarín: “Sintonizo muito com o Papa Francisco”