Uma ajuda para viver vocação sacerdotal

A Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz oferece aos seus sócios e aos clérigos que participam nas suas atividades meios espirituais para manter e apoiar a vida interior, a formação doutrinal e pastoral e a união fraterna entre os sacerdotes.

Ajuda para viver a vocação sacerdotal
Opus Dei - Uma ajuda para viver vocação sacerdotalA ajuda espiritual fomenta as virtudes sacerdotais.

O Opus Dei proporciona aos seus fiéis a formação adequada para que desenvolvam – cada um no seu próprio lugar na Igreja e no mundo – uma atividade apostólica multiforme, promovendo à sua volta o ideal da chamada universal à santidade.

De maneira análoga, a Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz oferece aos seus sócios e aos clérigos que participam nas suas atividades meios espirituais para manter e apoiar a vida interior, a formação doutrinal e pastoral e a união fraterna entre os sacerdotes. Precisamente aí está a missão da associação: um trabalho sacerdotal cheio de compreensão, de amor, de espírito de serviço em favor da Igreja e de cada diocese em particular; uma ajuda aos presbíteros diocesanos, pelos quais o Senhor quis que o Opus Dei sinta uma especial solicitude.
Esta ajuda espiritual fomenta as virtudes sacerdotais, como a caridade pastoral, que é entrega e zelo pelas almas (cfr. Decreto Presbyterorum Ordinis, nn. 14-17; São João Paulo II, Ex. ap. Pastores dabo vobis, nn. 15, 20-24), a piedade, a ciência, o interesse pelos apostolados diocesanos, o amor e veneração pelo Ordinário do lugar, a preocupação pelas vocações e pelo seminário. De modo particular, aviva a prática de uma fraternidade profunda com os demais sacerdotes, que leva a promover ativamente a máxima unidade em todo o presbitério diocesano.
São Josemaria procurou, também com a sua pregação, despertar em todos os cristãos a responsabilidade de cooperar para que aumentem as vocações sacerdotais. O empenho por suscitar vocações corresponde a todo o povo de Deus e, de maneira especial, aos Bispos e aos sacerdotes. Portanto, este importante aspeto aparece em primeiro plano na formação dos sócios da Sociedade Sacerdotal da Santa Cruz, tendo em conta as indicações dos Ordinários diocesanos. O primeiro é a oração: Rogai, portanto, ao Senhor da messe que envie operários para a sua messe (Mt 9, 38).