Recolhimento de Outubro #EmCasa

“O Santo do Cotidiano”, este é o tema que consideraremos no recolhimento de outubro, em que vamos considerar a nossa vocação à santidade.

Opus Dei - Recolhimento de Outubro #EmCasa

∙ Download do material para o recolhimento em PDF

1. Para Começar
2. Meditação: “O santo do cotidiano”
3. Leitura
4. Exame de Consciência
5. Meditação: Ser “fermento na massa”
6. Terço


No Mês de Outubro recordamos dois acontecimentos importantes: a fundação do Opus Dei e a canonização de São Josemaria. Por isso o tema a considerar é a santidade, ou melhor: a santidade de cada um de nós.

1. Para Começar

O recolhimento é uma pausa nas atividades diárias para estar a sós com Deus e considerar como podemos crescer na nossa vida spiritual. O roteiro que oferecemos prevê duas meditações, uma leitura espiritual e o terço.

Neste mês vamos considerar de modo especial os ensinamentos de São Josemaria sobre a santidade na vida diária: todos os cristãos estão chamados a ser santos, chegar à plenitude do amor de Deus, e para a maioria deles a vida diária é o lugar desta santificação.


2. Meditação: O santo do cotidiano”

Aniversário da canonização de São Josemaria. Chamada universal. Santidade no mundo.

O importante é que ao ouvir, você converse pessoalmente com Nosso Senhor e entre em um diálogo com Ele. Se precisar, você pode ir parando o áudio.


3. Leitura

Na alegre esperança de Cristo

A esperança abre um mundo diante de nós, porque se fundamenta no que Deus quer fazer em nós.

Deixamos o texto sugerido: Na alegre esperança de Cristo


4. Exame de Consciência

Coloque-se na presença de Deus e considere estas questões com tranquilidade e em silêncio:

1. “Aí onde estão as nossas aspirações, o nosso trabalho, os nossos amores – aí está o lugar do nosso encontro cotidiano com Cristo” (São Josemaria). Procuro transformar este ideal em realidade na minha vida?

2. Jesus passou trinta anos nas circunstâncias mais comuns – dedicado ao trabalho, à família, ao convívio social, fazendo tudo bem feito e realizando no meio da vida cotidiana a obra da Redenção. Vejo que Deus me diz, através disso, que na minha vida diária posso e devo santificar-me?

3. Entendo que Deus me espera nos pequenos deveres de cada dia, pedindo-me que os cumpra com fidelidade, com amor, com perfeição nos detalhes?

4. Encaro cada um dos deveres familiares, profissionais ou sociais como aquilo que são aos olhos de Deus: uma ocasião, sempre renovada, de amar e de servir a Deus e ao próximo?

5. Ao pensar no chamado à santidade e ao apostolado que Deus dirige a cada um de nós, levanto os olhos ao Céu, de onde nos há de vir o auxílio, e fomento em mim uma grande esperança?

6. Lembro que Jesus nos deu “o mundo como herança”, como reza o Salmo 2, e que pede a todos os cristãos para colaborarmos na extensão do seu reinado?

7. Procuro mostrar a grandeza da fé cristã, que dá firmeza na verdade, ao mesmo tempo que ensina a respeitar a liberdade dos outros?


5. Meditação: Ser “fermento na massa”

O cristão, chamado ao apostolado do exemplo, da amizade, da palavra. Ser “fermento na massa” em todos os ambientes, vivendo a compreensão com todos e respeitando a liberdade.

O importante é que ao ouvir, você converse pessoalmente com Nosso Senhor e entre em um diálogo com Ele. Se precisar, você pode ir parando o áudio.


6. Terço

O Santo Rosário é a oração com que os cristãos se dirigem a Nossa Senhora em todos os tempos, para pedir a sua proteção nos momentos de dificuldade. Você pode chamar as pessoas que estão em casa para rezar com você.

Se não souber rezar o terço, ou quiser uma ajuda para rezar em áudio, pode ver aqui.