Palavras de D. Echevarría ante o decreto de virtudes heroicas de Álvaro del Portillo

O Santo Padre Bento XVI autorizou o decreto de virtudes heroicas do bispo Álvaro del Portillo (1914-1994), prelado do Opus Dei. Ao conhecer o anuncio realizado pela Santa Sé, S.E.R. D. Javier Echevarría declarou estas palavras.

Comunicados para imprensa e declarações

A declaração de virtudes heroicas de D. Álvaro del Portillo é motivo de agradecimento a Deus: gratidão por este pastor exemplar que amou ao  Senhor e a sua Igreja e aos que o rodeavam ou que se encontravam com ele, além de rezar pela humanidade. Procurou em todo momento buscar o cumprimento fiel da vontade de Deus.

Dom Álvaro é recordado por  tantos homens e mulheres como uma pessoa, um sacerdote de paz e leal a seu compromisso de amor a Deus; muito unido a Igreja e ao Romano Pontífice; soube servir com alegria e total generosidade a São Josemaría Escrivá de Balaguer; a seus irmãos —logo filhos— no Opus Dei; a seus parentes; a seus amigos e a seus colegas. Com sua pregação ajudou centenas de milhares de pessoas a encontrar a felicidade na fidelidade a Jesus Cristo nos diferentes países nos quais realizou viagens pastorais.

Consta-me também que muitas pessoas procuram a sua ajuda, em numerosos lugares do mundo, diante das necessidades individuais, familiares, trabalhistas, amigáveis. É unânime o comentário de que irradiava paz, alegria, simplicidade, espírito cristão e visão apostólica.

      Mais informação:

      www.opusdei.org.br

      Oficina de Imprensa da Prelazia do Opus Dei