As últimas horas de Jesus em Jerusalém

Depois de um ano sem peregrinos, uma situação sem precedentes na Terra Santa, outra Semana Santa se aproxima sem eles, embora a população local possa assistir às procissões e celebrações, que no ano passado foram realizadas à porta fechada e com os fiéis confinados em suas casas.

Opus Dei - As últimas horas de Jesus em JerusalémDetalhe da cúpula do Santo Sepulcro (Jerusalém)

Mesmo assim, há muitas pessoas que em outras circunstâncias teriam viajado para viver essas festas nos lugares onde a Paixão de Jesus aconteceu.

Da Saxum, queremos aproximar esta experiência com os meios à nossa disposição. Este vídeo percorre Jerusalém seguindo os passos de Jesus desde Getsêmani até o Santo Sepulcro, passando pelo Vale do Cédron, a casa de Caifás, a Torre Antônia, o palácio de Herodes, a Via Dolorosa e o Calvário.

As cenas recriadas e o modelo de Jerusalém mostrado no vídeo são alguns dos recursos multimídia que fazem parte da visita do Saxum Visitor Center. Este centro oferece aos visitantes um passeio pela história da Terra Santa desde Abraão até os dias de hoje, incluindo o contexto histórico da época de Jesus e a evolução dos lugares santos através dos séculos.

Apesar da ausência dos peregrinos, o Saxum Visitor Center pôde receber alguns visitantes durante os meses em que o confinamento o permitiu. Além dos turistas locais, alguns guias querem conhecer as instalações para sugerir esta visita aos peregrinos quando as fronteiras forem finalmente abertas ao turismo internacional.

No entanto, de Saxum está fazendo todo o possível para levar a Terra Santa aos que estão fora, tanto os que já a visitaram como aqueles que esperam fazê-lo algum dia. Através de suas redes sociais, website e newsletter, compartilham histórias de cristãos locais, entrevistas com guias sobre os lugares santos, testemunhos...

Nesta Páscoa, publicarão recursos de texto e vídeo para cada festa e compartilharão a experiência das celebrações locais, especialmente através de stories no Instagram.