Faleceu Anita Mendonça

Ontem, 29 de novembro às 19h30, faleceu Anna Thereza Mendonça (Anita), a primeira pessoa a pedir a admissão no Opus Dei no Brasil.

Opus Dei - Faleceu Anita Mendonça

Anita nasceu em 6 de julho de 1929, em São Carlos-SP. Estudou Ciências Econômicas em Marília-SP e trabalhou por muitos anos na Secretaria da Fazenda.

Anita recorda que ouviu falar pela primeira vez do Opus Dei no ano 1956, antes de os primeiros fiéis chegarem ao Brasil: “D. Hugo Bressane de Araújo, o Bispo da Diocese de Marília, nos falou sobre a Obra, que conhecera em suas viagens para Roma.”

Começou a participar dos meios de formação da Obra desde que se estabeleceu o primeiro centro em Marília (em 1957), e procurava levar as suas amigas para as atividades que se organizavam: meditações, palestras, recolhimentos ou passeios. Poucos meses depois descobriu a sua vocação e pediu para ser adscrita.

Quando o primeiro centro de mulheres do Opus Dei transferiu-se para São Paulo (ver mais em História do Opus Dei no Brasil), ela continuou morando em Marília por mais alguns anos, pois trabalhava na coletoria de impostos na prefeitura. Quando foi possível, prestou concurso e mudou-se para São Paulo para trabalhar na Secretaria da Fazenda e estar mais próxima dos meios de formação.

Anita era uma mulher do seu tempo. Aprendeu a usar a internet e era uma assídua colaboradora da seção de cartas dos leitores, no jornal. Tinha suas opiniões e gostava de manifestá-las. Acessava também o computador para acompanhar o Papa e as notícias no site da Obra.

Há quatro anos foi diagnosticada com doença de Parkinson e enfraqueceu progressivamente, de modo mais notável nos últimos meses. Faleceu serenamente em sua casa, aos 91 anos, depois de ter recebido a Unção dos Enfermos na quinta-feira passada.