Mensagem do Prelado (12 agosto 2020)

A fé ajuda-nos a descobrir o bem em todas as circunstâncias, mesmo nas mais dolorosas. Como nos recorda Mons. Ocáriz, com palavras de São Paulo, “tudo contribui para o bem dos que amam a Deus”.

Cartas pastorais e Mensagens
Opus Dei - Mensagem do Prelado (12 agosto 2020)

Queridíssimos: que Jesus guarde as minhas filhas e os meus filhos!

Durante os últimos meses, principalmente desde que se desencadeou a crise sanitária mundial, ouvimos algumas vezes a frase “vai dar tudo certo”. Com frequência é simplesmente um modo de confortar outra pessoa num momento difícil. Mas também pode ter um significado mais profundo: o daquelas palavras de São Paulo que São Josemaria abreviava na jaculatória omnia in bonum: “tudo contribui para o bem dos que amam a Deus” (Rm 8,28).

Nem sempre podemos ver esse bem imediatamente. Às vezes nem sequer chegaremos a compreendê-lo. O fato de que procuremos estar próximos de Deus não anula os cansaços, perplexidades e sofrimentos da vida; mas essa proximidade pode nos levar a viver tudo de modo diferente. Nestes dias, estamos fazendo nosso o sofrimento do Líbano, transformando-o em oração pelos falecidos e seus familiares, por tantas outras pessoas e pela estabilidade do país.

Dizer sinceramente omnia in bonum é questão de fé e da nossa correspondência a essa fé, mediante a conversão do coração – o amor a Deus e aos outros – diante da própria dor e da dor alheia. Com essa fé, podemos inclusive colaborar para a realização desse bem de um modo ou de outro.

Por isso, se alguma vez notamos que essa fé fraqueja, rezemos com segura confiança: Senhor, aumenta a minha fé (cfr. Lc 17,5), e, com a fé, o amor, e com o amor, a esperança e a alegria.

Com todo o carinho, os abençoa

o Padre

Pamplona, 12 de agosto de 2020