Mensagem do Prelado (10 setembro 2020)

No próximo 15 de setembro fará 45 anos da eleição do bem-aventurado Álvaro como primeiro sucessor de são Josemaria. Neste aniversário, Mons. Ocáriz nos anima a considerar sua figura como o início da continuidade na fidelidade ao espírito do Opus Dei.

Cartas pastorais e Mensagens
Opus Dei - Mensagem do Prelado (10 setembro 2020)

Queridíssimos: que Jesus guarde as minhas filhas e meus filhos!

No próximo dia 15 serão os 45 anos da eleição do bem-aventurado Álvaro como primeiro sucessor de são Josemaria. Foi um momento muito importante, já que marcou o começo da continuidade na fidelidade à herança do nosso fundador, ensinando-nos a trazer o espírito do Opus Dei à atualidade da nossa vida. O bem-aventurado Álvaro deu início a este tempo com a sua fidelidade pessoal; nele vemos que a santidade no cotidiano é um presente de Deus para fazer-nos felizes e para fazer felizes as pessoas que nos rodeiam.

Nesses dias, convido vocês a considerarem o exemplo de dom Álvaro como rocha forte – saxum – na qual o nosso Padre pôde se apoiar sempre e que soube sustentar os outros. Isto foi possível principalmente graças à sua união com Jesus Cristo, fonte da sua fidelidade, da sua paz e da sua alegria. Também pode sê-lo para cada uma e cada um de nós, porque Cristo é “vida da nossa vida”, como dizia são Josemaria (Via Sacra, 14ª estação). Este aniversário é uma maravilhosa oportunidade para reafirmarmos o desejo de sermos também nós continuidade fiel no serviço à Igreja e a todas as almas.

Ainda é muito recente a ordenação de 29 novos sacerdotes da Prelazia; que a nossa ação de graças a Deus pelo dom do sacerdócio vá acompanhada pela nossa oração por eles.

No dia 15 se celebra a memória litúrgica das Dores de Nossa Senhora. Que ela, forte ao pé da Cruz, nos consiga sempre do Senhor sermos pessoalmente fiéis na continuidade. Isto implica, de um modo ou de outro, estarmos com Jesus na Cruz, sustentados por Maria.

Com a minha bênção mais carinhosa,

O Padre,

Roma, 10 de setembro de 2020