São Josemaria ensinou-me a santificar o trabalho

Recolhemos, com o consentimento expresso daqueles que os enviam, alguns dos testemunhos que se recebem nesta página web. Relatam favores obtidos pela intercessão de São Josemaría ou agradecem ter conhecido a sua vida santa e os seus ensinamentos

Favores de São Josemaria

Recolhemos, com o consentimento expresso daqueles que os enviam, alguns dos testemunhos que se recebem nesta página web. Relatam favores obtidos pela intercessão de São Josemaría ou agradecem ter conhecido a sua vida santa e os seus ensinamentos.

Se desejar escrever-nos, vá a Escreva-nos

Aí poderá especificar se deseja que o seu testemunho seja publicado ou que apenas fique registado sem o incluir aqui.

São Josemaria ensinou-me a santificar o trabalho

Estou a fazer uma pós-graduação no estrangeiro. Costumava preocupar-me muito com os resultados dos estudos. Durante os primeiros anos da Universidade, o que preocupava mais era ter boas notas. Mas, quando comecei os estudos de pós-graduação na Austrália, a mudança de ambiente, de estilo de vida e de ensino, e o nível da Universidade puseram-me nervosa, e sentia uma grande pressão.

Para dar um exemplo: num dos semestres, pus grande empenho numa das matérias, mas o resultado não foi satisfatório. Cheguei a ficar deprimida com o resultado e perguntava-me a mim própria se não estava a desperdiçar os meus esforços. Rezei a São Josemaria e ele “respondeu-me”. Ao ler “Caminho” descobri que São Josemaria referia que “uma hora de estudo é uma hora de oração”. Entendi então que, se oferecer o meu trabalho e o meu estudo a Deus, todo o esforço se converte em oração. Dei-me conta que o que realmente importa é o processo e não o resultado. Agora, sempre que estudo e trabalho, ofereço isso ao Senhor, e assim tenho mais facilidade em me concentrar, já que desejo oferecer o melhor ao Senhor. São Josemaria ajudou-me muito ao ensinar-me a santificar o estudo e ao dar-me a entender o verdadeiro significado do estudo e do trabalho.

Chloe Leong Ka I, Macau

17 de Janeiro de 2011

A pedra do anel

Escrevo para agradecer um favor que São Josemaria me fez pela terceira vez. Comprei um anel e, pouco tempo depois, a pedra que tinha caiu. Pedi a São Josemaria para que aparecesse e nesse mesmo dia encontrei-a.

Mandei-o arranjar ao ourives e, poucos anos depois, voltou a cair. Pedi de novo e no dia seguinte encontrei-a. Levei-o outra vez a compor e, ao ir buscá-lo, o ourives disse-me que não garantia que durasse muito, pois não era fácil engastar a pedra. Fui à igreja prelatícia de Santa Maria da Paz e pedi a São Josemaria que, se me caísse novamente, a pudesse encontrar. Passados dois anos, perdi-a novamente. Pedi com muita fé e com a certeza de que a iria encontrar. Fiz tudo o que era possível, procurei-a por todos os sítios onde tinha estado nesse dia. Ao terceiro dia encontrei-a e fui agradecer este favor à igreja onde se encontram os seus restos mortais. Agora vou pôr todos os meios para que fique bem segura e não a perca outra vez. Mil vezes obrigada…

Doris, Roma

27 de Janeiro de 2011

E o telemóvel funcionou…

Há pouco mais de um mês o meu telemóvel, que uso para assuntos de trabalho, avariou-se. Levei-o a arranjar mas disseram-me que por ser época de Natal só podiam arranjá-lo para depois do dia 3 de Janeiro. Há uns 10 dias lembrei-me de dizer a São Josemaria: “Podias tu arranjá-lo!” E pedi sabendo que podia fazê-lo, mas pensando que talvez fosse melhor oferecer o incómodo de esperar pelo conserto. Não me atrevia a fazer a prova e hoje, na véspera de ir ao estabelecimento, pedi que me telefonassem, e verifiquei que funcionava lindamente. Rezei uma oração da pagela para agradecer.

Sari P. Espanha

26 de Janeiro de 2011

O bloco de gelo

Hoje, como todos os dias depois do almoço, íamos reunir-nos na sala de estar para passar um momento em família quando vimos que alguém tinha retirado a corrente que tínhamos posto na rua pelo perigo das ameaçadoras estalactites que caem do nosso telhado.

Podem cair a qualquer momento e sobre qualquer pessoa ou carro. Costuma haver carros estacionados nessa zona e, de facto, hoje alguém tinha estacionado ali o seu carro.

Como não sabíamos quem era o proprietário do carro, tínhamos de o localizar através da Internet. Com a ajuda do número da matrícula podíamos encontrá-lo. Começar a procurar nesse momento significava não poder participar nesse ansiado momento em família. Decidi pedir a São Josemaria que nada acontecesse durante esse tempo e decidi que mal acabássemos tentaria encontrar na Internet o proprietário para me pôr em contacto com ele/ela e tirar o carro.

Passados 20 minutos ouviu-se o ruído de um carro, chegámos à janela e vimos um carro a sair: era o carro estacionado que ia embora, e para nós grande tranquilidade! Passados uns segundos ouvimos outro ruído: era um grande bloco de gelo que tinha caído justamente onde segundos antes tinha estado o carro. Agradeço a São Josemaria o facto de o bloco de gelo não ter causado prejuízo a ninguém nem a nada.

Cecília Christiansen. Suécia

26 de Janeiro de 2011

Uma gravidez com dificuldades mas que foi avante

Estava grávida de 8 semanas. Fui ao médico para uma revisão, e as análises e a ecografia estavam bem. O bebé tinha um ritmo cardíaco normal, e assim tudo corria bem. Uns dias mais tarde, tive uma recaída. Receitaram-me um remédio para fortalecer o bebé, mas passavam os dias e não melhorava. Rezei a São Josemaria com fé, pois desde há anos que lhe tenho devoção. Pedi que me ajudasse a que desaparecesse esse problema e me protegesse durante o tempo que faltava à minha gravidez. Poucos dias depois, recuperei. Dou infinitas graças ao meu santo espanhol. Não sei como agradecer tantos milagres que tem feito a mim e à minha família. Todos os dias rezo a oração. Graças infinitas a São Josemaria Escrivá.

Marta M. R. México

23 de Janeiro de 2011

Tranquilidade e segurança

Sempre que leio a pagela de São Josemaria Escrivá, sinto muita tranquilidade e segurança. Sou uma pessoa que tem tido muitos problemas mas graças à devoção por ele e às suas orações tenho seguido em frente, porque é isso que ele me inspira: continuar em frente.

Pedro Q., Peru

23 de Janeiro de 2011

O dom da vida

O meu marido e eu queríamos há muito tempo ter um filho e não conseguíamos. Agora acabo de saber que estou grávida. Estou muito agradecida a Deus e a São Josemaria por este milagre. Pedi insistentemente a intercessão de São Josemaria neste assunto, e ele ouviu os meus pedidos. Prometi que tornaria público este milagre para que outras pessoas não deixassem de lhe rezar. Obrigada, São Josemaria, por cuidares e intercederes por nós.

M.K.,Quénia

20 de Janeiro de 2011

Uma gravidez normal apesar da minha epilepsia

Segundo o parecer dos médicos, nunca poderia poderia engravidar. Mas decidi não subbmeter-me a qualquer tratamento. Já desde antes de São Josemaria ter sido proclamado santo, pedia-lhe favores. E desta vez não foi excepção: passados dois meses de ter recebido dos médicos o veredicto de que não tinha possibilidades de ser mãe, fiquei grávida. Toda a minha gravidez foi normal, apesar de ser epiléptica,,. Não surgiram complicações de qualquer género. O meu filho tem agora quatra anos e é um menino saudável e feliz.

Viviana A., Costa Rica

19 de Janeiro de 2011

Com a pagela dei uma volta à minha vida

A pagela de São Josemaria conseguiu que eu desse uma volta à minha vida. Há 16 anos ajoelhei-me a rezar pedindo para mudar de vida. Passado um tempo, certo dia, encontrei a pagela de São Josemaria. A princípio duvidei dela, mas ela mudou a minha vida por completo. Não estudei nada e por isso fiquei reprovada. Consegui um emprego, mas, como não tinha habilitações próprias, fui contratada só na condição de ajudante. Queria seguir um curso de formação profissional, mas não me admitiram em nenhuma escola porque não podia provar que tinha completado o ensino secundário. Contudo, contra todos os prognósticos – e é aqui onde começa o essencial do meu testemunho –, quando consegui uma pagela e a rezei, por intercessão de São Josemaria, a minha oração teve resposta e admitiram-me num instituto público onde fiz o curso de desenho gráfico e o de jornalismo. Por fim consegui um diploma. Dou graças a Deus por isso e por outro pedido que fiz pelo meu irmão, que tinha sido condenado à morte. Absolveram-no da condenação o ano passado, em Junho de 2010, tudo obtido por intercessão de São Josemaria. Obrigada, Senhor, por escutares as minhas orações através da intercessão de São Josemaria.

Florence Ayoo, Quénia

9 de Janeiro de 2011

Um trabalho onde pudesse ajudar mais pessoas

Sou chefe de um departamento de uma empresa na cidade de Concepción. Depois de dois anos na função, pedi transferência dentro da mesma empresa para a cidade de Santiago para desempenhar função semelhante. Depois do processo de entrevistas, tudo parecia bem encaminhado, e assim propus para me substituir em Concepción uma das pessoas que trabalhava comigo. Para que tudo corresse bem comecei a rezar a Novena do trabalho a São Josemaria. De forma repentina, soube que tinham atribuído o lugar que eu iria ocupar a outra pessoa. Perante esta situação, a minha alternativa era ficar no lugar de Concepción, mas isso teria como resultado que a pessoa que ia substituir-me passasse um mau bocado. Encontrava-me, pois, numa situação delicada. Sem aflições, continuei a pedir o que fosse melhor para todos, e que ficasse no lugar em que pudesse ajudar mais pessoas. Há dois dias recebi um telefonema em que confirmavam a minha transferência para Santiago para o lugar a que tinha concorrido. Atribuo tudo isto a São Josemaria. Agora - até 9 de Janeiro – continuarei a rezar a Novena, mas em acção de graças, e depois, continuarei a rezá-la para poder desempenhar bem o meu trabalho.

Alejandro S., Chile

5 de Janeiro de 2011

Aprendi a estudar

Chamo-me Ana e gostaria de contar um pequeno milagre que São Josemaria me concedeu. Ando no 1º ano do secundário: Pedi a S. Josemaria para passar no exame de História. Se assim acontecesse, eu escreveria o meu testemunho. Mas no que ele me ajudou foi no estudo, e graças a ele, tive a nota de 6! Recomendo aos que são estudantes que lhe peçam muito pelos seus exames e pelo estudo. Estou-lhe eternamente agradecida.

Ana G., Espanha

5 de Janeiro de 2011

Estátua de São Josemaria no pátio interior do edifício Central da Universidade de Navarra