“São como um casal de amigos”

Lucia e Sebastian se conheceram graças à intercessão de Tomás e Paquita.

Opus Dei - “São como um casal de amigos”Lucia e Sebastian com seus filhos. Foto da família.

Alfa y Omega «Son como un matrimonio de amigos»

A intervenção de Deus não se manifesta unicamente nas curas inexplicáveis, mas em coisas simples como encontrar um marido ou uma esposa para toda a vida. É o que aconteceu com Lucia e Sebastian, que hoje têm nove anos de casados e estão esperando o sétimo filho, porém antes de se conhecerem ambos estavam deixando um namoro porque viam que o futuro deste relacionamento não encaixava com o conceito de casamento que tinham.

Providencialmente, ambos começaram a rezar a Tomás e Paquita, um casal de supernumerários do Opus Dei, que tem sua causa conjunta de beatificação iniciada.

“Eu rezava para conhecer um Tomás para mim, e um dia fui à Missa e conheci um rapaz. Depois de alguns dias voltamos a nos encontrar e fomos tomar um café que durou cinco horas. Nesse dia conversamos sobre muitas coisas, e também comentamos que nós dois estávamos rezando a estampa de Tomás e Paquita. Desde então a rezamos em casa todos os dias, e por intercessão deles pedimos a Deus amar-nos, respeitar-nos, compreender-nos e cumprir a sua vontade toda nossa vida. Rezamos assim todos os dias”, disse Lucia.

Hoje, Tomás e Paquita, que já estão a caminho dos altares, “são para nós como um casal amigo nosso”, disse Lucia, que reconhece que “nossa história é muito bonita e muito normal. No fim, trata-se de pedir e confiar. E de abandonar-se, porque muitas vezes nos falta dar o passo do abandono. E o abandono é essencial no momento de dirigir-se ao Senhor”.