Publicação de “San Josemaría e il pensiero teologico”

Acabou de ser publicado o primeiro volume de “San Josemaría e il pensiero teologico” (Edusc, 492 p.), que reúne as Atas do Congresso Internacional que teve lugar em Roma, de 14 a 16 de Novembro de 2013, na Aula Magna da Universidade Pontifícia da Santa Cruz. Coordenado pelo professor Javier López Díaz, este primeiro volume disponibiliza as conferências plenárias do congresso.

Acabou de ser publicado o primeiro volume de “San Josemaría e il pensiero teologico” (Edusc, 492 p.), que reúne as Atas do Congresso internacional que teve lugar em Roma, de 14 a 16 de Novembro de 2013, na Aula Magna da Universidade Pontifícia da Santa Cruz. Coordenado pelo professor Javier López Díaz, este primeiro volume disponibiliza as conferências plenárias do congresso; o segundo apresentará uma seleção das comunicações, e será publicado nos próximos meses, também pela Edusc.

O Congresso girou à volta de dois temas principais: um geral, sobre o papel dos ensinamentos dos santos na reflexão teológica, e outro mais específico, sobre o enriquecimento que a Teologia pode colher dos ensinamentos de São Josemaria.

Capa do livro “San Josemaría e il pensiero teologico”

Estes dois temas já tinham sido objecto de reflexão em 1993 por parte do Cardeal Ratzinger (hoje Papa emérito Bento XVI), na mensagem de inauguração de um Simpósio teológico sobre os ensinamentos de Josemaria Escrivá de Balaguer . O então Prefeito da Congregação para a Doutrina da Fé sublinhava como “a Teologia que nasce da fé é, ao fim e ao cabo, subalterna relativamente ao saber que Deus tem de si mesmo e daquele que os santos gozam já de um modo imediato e definitivo”.

O Cardeal Ratzinger não se referia apenas ao saber de que gozam os santos na glória, mas também ao que eles mesmos começaram a ter neste mundo e que transmitiram com os seus escritos, as suas palavras e o seu exemplo. Os santos aprofundaram no conhecimento de Deus “não apenas com a inteligência mas com a totalidade do coração” pois a força do amor leva a deixar-se penetrar pela bondade divina e a aprofundar a sua própria verdade.

O cardeal acrescentava: “Torna-se oportuno, e mesmo necessário que, enquanto teólogos, escutemos a palavra dos santos a fim de descobrir a sua mensagem: uma mensagem multiforme, já que os santos são muitos e cada um recebeu um carisma particular, e ao mesmo tempo unitário, porque os santos remetem-nos para o único Cristo, ao qual se unem, e cuja riqueza nos ajudam a penetrar. Nesta sinfonia múltipla e unitária na qual, como diria Mölher, consiste a tradição cristã, que traços caracterizam São Josemaria Escrivá? Qual o impulso que a Teologia recebe sob a sua luz?”

As reflexões de especialistas de diversas áreas da Teologia, do Direito Canónico e da Filosofia, recolhidas neste volume, procuram responder às perguntas formuladas pelo Cardeal Ratzinger, e confirmam o que, nesse mesmo Simpósio de 1993, antecipava o então Papa, hoje São João Paulo II: “Josemaria Escrivá, como outras grandes figuras da história contemporânea da Igreja, também pode ser fonte de inspiração para o pensamento teológico”.

O volume caracteriza-se pelo seu alto nível científico, sendo, ao mesmo tempo, maioritariamente de fácil leitura. Abre com um artigo de D. Javier Echevarría, Prelado do Opus Dei, sobre a contribuição de São Josemaria para o Concílio Vaticano II, seguindo-se o estudo de Mons. Fernando Ocáriz sobre o desenvolvimento que os ensinamentos de São Josemaria podem trazer à Teologia, estudo esse que traça o enquadramento de todo o volume.

Numa rápida panorâmica do resto do volume podemos assinalar que o professor Robert Wielocx examina o uso que faz São Tomás dos ensinamentos dos santos, e o Cardeal Kurt Koch coloca uma questão paralela nas obras de Joseph Ratzinger/Bento XVI. Por seu lado, o professor Jean- Marie Léthel, OCD, detém-se na relação entre “ciência da fé” e “ciência do amor”, enquanto os professores Tanzella-Nitti, Maspero, Réal Tremblay, C. Ss. R., O´Callaghan, Rodríguez Luño e Villar, entre outros, tratam das luzes que os ensinamentos de São Josemaria podem trazer às diversas áreas da Teologia, e Sanguineti e Ana Marta González apresentam o incentivo que representam para a Filosofia. Conclui com os artigos de Errázuriz e Lo Castro sobre São Josemaria e o Direito Canónico.

Esta obra vem juntar-se à bibliografia teológica fundamental sobre São Josemaria, mas dirige-se também a quantos estão interessados em renovar a Teologia deitando mão da luz e calor dos ensinamentos dos santos.