O processo de beatificação do Dr. Ernesto Cofiño em Roma

Com a entrega da “Positio”, a segunda fase do processo de beatificação do Servo de Deus Ernesto Cofiño teve início. Ele é considerado o pai da pediatria na Guatemala. Nesta fase, a documentação será examinada pela Congregação para as Causas dos Santos.

Opus Dei - O processo de beatificação do Dr. Ernesto Cofiño em RomaPositio sobre a vida, as virtudes e a fama de santidade de Ernesto Cofiño.

No dia 16 de fevereiro de 2021, o Postulador da causa de beatificação, padre Miguel De Salis Amaral, entregou à Congregação para as Causas dos Santos a Positio super vita, virtutibus et fama sanctitatis (sobre a vida, virtudes e fama de santidade) do Servo de Deus Ernesto Cofiño Ubico, médico e pai de cinco filhos, supernumerário do Opus Dei. O volume tem cerca de 800 páginas e é fruto de um longo estudo, orientado pelo Relator nomeado pela Congregação, com base nos depoimentos e documentos recolhidos durante o processo diocesano.

trabalhou na promoção de hospitais, iniciativas educativas, centros de assistência social, distribuição de alimentos a famílias carentes

O Dr. Cofiño, que nasceu em 1899 e morreu em 1991, é considerado um pioneiro da pediatria na Guatemala, onde lutou contra a desnutrição e as doenças infantis. Também trabalhou na promoção de hospitais, iniciativas educativas, centros de assistência social, refeitórios sociais, distribuição de alimentos a famílias carentes. O Postulador expressou a sua alegria, pois a conclusão da Positio ocorre durante o 30º aniversário da morte do Servo de Deus.

Miguel De Salis Amaral explicou que “a entrega da Positio à Congregação é um passo importante porque marca o início da segunda parte da fase romana do processo. Na primeira parte, tentamos organizar as provas recolhidas, contextualizar e mostrar a vida e as virtudes do servo de Deus. Agora começa a segunda parte, que consiste, em primeiro lugar, no exame da Positio pelo Congresso de Consultores. Se o resultado for positivo, a documentação da Causa passará à avaliação dos bispos e cardeais e, se votarem favoravelmente, a Congregação proporá ao Papa a assinatura do Decreto no qual as virtudes heroicas são reconhecidas e ele é declarado venerável”.

Se recebeu um favor por intercessão do Servo de Deus Ernesto Cofiño, pode enviar o seu relato ao Escritório para as Causas dos Santos da Prelazia do Opus Dei.