Basta começar (11): Dar assistência aos presos

Basta começar (11): Dar assistência aos presos

Neste último vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros” alguns reclusos colombianos falam das necessidades daqueles que se encontram nas prisões e sobre o que representa para eles receber uma visita ou alguma ajuda. Dão o seu testemunho também pessoas que realizam atividades de voluntariado em centros penitenciários. Por último, Nicola e Alik, da Rússia, descrevem uma iniciativa que procura diminuir a sensação de solidão entre os encarcerados.

Basta começar (10): Começar pouco a pouco

Basta começar (10): Começar pouco a pouco

Neste décimo vídeo da série “Em marcha. Maneiras de ajudar os outros” aparecem três iniciativas de serviço aos outros: uma nas Filipinas, outra na Áustria e outra no Quénia. Como muitas outras que procuram dar uma resposta a necessidades concretas das pessoas, começaram por ser pequenas e sem contar com grandes seguranças. Para estender uma mão aos outros, basta começar…

Basta começar (9): Oferecer um futuro laboral

Basta começar (9): Oferecer um futuro laboral

A realidade de que o trabalho dignifica foi recordada muitas vezes pelo Papa Francisco. Neste nono vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros” aparecem três iniciativas que, no Uruguai, Itália e Filipinas, procuram preparar os jovens para entrar no mundo laboral.

Basta começar (8): Acompanhar até ao fim

Basta começar (8): Acompanhar até ao fim

Lida e María Elena falam da importância que têm a nossa oração e companhia para os doentes, especialmente quando estão perto de falecer. O Padre César, Roseli e Roger explicam que sepultar um defunto e rezar por ele são manifestações de fé em que a morte é o momento do encontro com Cristo e em que no final dos tempos os corpos se juntarão às almas. Fazem ver que um funeral religioso é demonstração de apreço para aquele que foi morada do Espírito Santo e fonte de esperança e consolo.

Basta começar (7): Estar perto dos que sofrem

Basta começar (7): Estar perto dos que sofrem

Há muitas pessoas idosas ou doentes que podemos ajudar consideravelmente se lhes oferecemos tempo e carinho. Esta é a experiência que têm Hijung, que ensina informática a pessoas idosas nos Estados Unidos da América e Willi, que toca guitarra e canta com idosos na Alemanha. Ambos aparecem no sétimo vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros”, além de Valdir, conselheiro familiar brasileiro, e duas enfermeiras chilenas, Antonia e Fernanda.

Basta começar (6): Compartilha o que sabes

Basta começar (6): Compartilha o que sabes

Neste vídeo vemos jovens alemãs que ajudam várias crianças nas suas tarefas e mulheres residentes no Chile e nos Estados Unidos que oferecem oportunidades formativas a pessoas que delas necessitam. Este sexto vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros” mostra que “ensinar é um trabalho belíssimo”, como disse o Papa Francisco. Não é necessário ser um génio para ensinar algo: todos temos conhecimentos que podemos compartilhar com os outros.

Basta começar (5): Abrir portas

Basta começar (5): Abrir portas

Neste quinto vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros”, apresentam-se iniciativas na Alemanha e na Áustria que procuram facilitar a integração num novo ambiente a pessoas que se viram forçadas a deixar o seu lugar de origem.

Basta começar (4): Aprender a perdoar

Basta começar (4): Aprender a perdoar

Ao proclamar o ano jubilar da misericórdia, o Papa Francisco recordou que os cristãos devem responsabilizar-se pelo anúncio alegre do perdão, mesmo sabendo que por vezes a reconciliação é difícil. Várias pessoas que tiveram a valentia de perdoar aparecem no quarto vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros”.

Basta começar (3): Alargar a tua família

Basta começar (3): Alargar a tua família

O Papa Francisco convida-nos a viver a cultura da inclusão, do encontro e a pôr travão à cultura do descarte. Neste terceiro vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros” vêem-se algumas consequências da tentativa de alargar o coração e a própria família.

Basta começar (1): Trabalhar gratuitamente

Basta começar (1): Trabalhar gratuitamente

Publica-se o primeiro vídeo da série “Basta começar. Maneiras de ajudar os outros”, produzida no ano jubilar da misericórdia para contribuir para que se cumpra um desejo do Papa Francisco: que os cristãos contemplem a misericórdia de Deus e a assumam como estilo de vida.