Biografia

Ernesto Cofiño Ubico nasceu na cidade de Guatemala em 5 de Junho de 1899, onde também fez os seus primeiros estudos.

Ernesto Cofiño
Opus Dei - Biografia Ernesto Cofiño.

Alcançou o título de Cirurgião na Faculdade de Medicina da Universidade de Paris em 1929. Contraiu matrimónio em 1933 e teve cinco filhos.

Dedicou-se inteiramente ao exercício da sua profissão com um admirável espírito de serviço, que o levava não apenas a ocupar-se da saúde física dos seus doentes, mas também e fazer seus os problemas pessoais deles.

O seu grande sentido sobrenatural e o seu profundo sentido humano levaram-no a fomentar e defender o direito e o amor à vida, propiciando iniciativas e realizando ele mesmo muitas delas, com grande caridade, em benefício de futuras mães, de meninos e meninas da rua, de órfãos, e oferecendo soluções aos problemas públicos. Fundou asilos e centros assistenciais. Foi director do Hospício Nacional durante quatro anos.

Pioneiro da investigação pediátrica, ocupou a Cátedra de Pediatria da Faculdade de Medicina da Universidade de S. Carlos (USAC), que é a distinção máxima desse centro universitário.

Pediu a admissão no Opus Dei como membro Supranumerário em 1956. A partir dessa data intensificou o seu trato com Deus na oração, na mortificação, na Santa Missa e na Comunhão diárias, na Confissão semanal; a sua devoção à Mãe de Deus cresceu, convertendo-se em grande propagador da recitação diária do Terço; aplicou-se ao estudo e à formação doutrinal religiosa.

Também intensificou o seu apostolado, procurando comunicar a sua alegria e a sua generosidade a muitíssimas pessoas, que animava a colaborarem economicamente e com as suas orações no impulso de actividades de promoção humana e cristã, nas quais trabalhava com grande espírito de sacrifício, decidido a pôr em prática a doutrina social da Igreja.

Colaborou heroicamente com organizações dedicadas à educação e preparação de camponeses, de operários, de mulheres de escassos recursos e na formação da juventude universitária. Continuou a realizar este serviço em favor do próximo até aos 92 anos com grande abnegação.

Morreu de cancro, após uma doença longa e dolorosa, suportada com fortaleza e adesão à vontade de Deus heróicas, no dia 17 de Outubro de 1991 na cidade da Guatemala.